Calcular preço do Seguro de Carro

Seguro automotivo é algo indispensável nos dias de hoje, porém há um custo que pode variar bastante. Para se calcular o valor do seguro as corretoras de seguro utilizam diversas informações, e são essas informações que determinarão o custo final para o cliente.

As empresas de seguro precisam levantar informações detalhadas sobre marca e modelo do veículo, a região em que o cliente trafega e reside, residência com garagem ou carro estacionado em rua, quem são os condutores e suas respectivas idades, frequência no uso carro (exemplo: trabalho, escola, lazer etc), qual a média mensal de km que o segurado utiliza o veículo, qual tipo de proteção será contratada, o preço de revenda do veículo e entre outros.

A seguradora faz uma pesquisa quanto ao veículo para saber se ele é muito visado, ou seja, se há um índice alto de roubos para aquele modelo. Vários modelos populares lideram o ranking de carros mais roubados no Brasil. O custo das peças de reposição tambem são consideradas nesse levantamento. Quanto maior o custo e a dificuldade em encontrar tais peças, o preço tende a se elevar gradativamente.

Mulheres são beneficiadas na hora de se fazer o seguro em relação aos homens. O perfil do condutor é um fator relevante. Quanto maior a idade do condutor, mais barato o seguro tende a ficar. Para homens o seguro tende a ter um custo elevado para aqueles que tem menos de 25 anos, pois são os que apresentam maior risco de acidente pela pouca experiência ao volante.

Por fim ainda há o levantamento feito através do CEP do segurado, para saber se a região em que o mesmo reside possui alto índice de ocorrências de furto. Todos esses fatores agregados geram o preço final do seguro. Geralmente o seguro é feito anualmente, tem validade de 1 ano e o preço pode sofrer alguma alteração caso haja mudança em qualquer dos itens acima mencionados. No caso de mudança de endereço a corretora de seguros deve ser contactada para atualização do endereço e possível correção no valor. Isso é necessário para evitar qualquer tipo de problema em caso de roubo ou acidente.

Os veículos com seguro mais caros são os veículos esportivos, pois quem tem carro esportivo certamente gosta de andar rápido e as chances de se envolvem em um acidente aumentam. Além disso veículos esportivos mais populares acabam sendo os modelos preferidos para fuga de ladrões.

A contratação do seguro é feita sempre através de um corretor de seguros e não diretamente com a empresa seguradora. o corretor de seguros é quem irá levantar as informações necessárias para a contratação do seguro. Geralmente o corretor irá pesquisar os valores de seguro em mais de uma seguradora e passar para o cliente pelo menos 3 propostas distintas.

O contratante deve passar as informações corretas para evitar qualquer tipo de dor de cabeça futura. Lembre-se que em caso de sinistro, dependendo da gravidade do mesmo, a seguradora fará uma investigação do caso, assim como a checagem da autenticidade das informações passadas pelo segurado envolvido. Em caso de sinistro quando o segurado for renovar o seguro com a mesma empresa, haverá um ligeiro aumento no preço em relação ao valor pago anteriormente.

As grandes empresas de seguro hoje em dia oferecem serviços diferenciados que trazem comodidade ao cliente, como a possibilidade de uso de carro reserva, serviços residenciais, veterinários e muito mais.


Compartilhe com seus amigos:

Tem Alguma dúvida? Utilize o Dica Fácil Respostas

Ainda sem comentários, deixe o seu agora! »

Deixe seu comentário